Loading...

terça-feira, 8 de junho de 2010

Ensino Médio Inovador

O Programa Ensino Médio Inovador, quando de sua implantação pelos Estados e Distrito Federal, pretende estabelecer mudanças significativas nas escolas públicas de ensino médio não profissionalizante no País, revertendo os dados negativos referentes a esta etapa da educação básica. Pretende-se a incorporação de componentes que garantam maior sustentabilidade das políticas públicas, reconhecendo a importância do estabelecimento de uma nova organização curricular que possa fomentar as bases para uma nova escola de ensino médio.Essa perspectiva de organização curricular pressupõe a possibilidade de articulação interdisciplinar voltada para o desenvolvimento de conhecimentos - saberes, competências, valores e práticas. Considera, ainda, que o avanço da qualidade na educação brasileira depende fundamentalmente do compromisso político e da competência técnica dos professores, do respeito às diversidades dos estudantes jovens e da garantia da autonomia responsável dos Sistemas de Ensino e das instituições escolares na formulação de seu projeto político pedagógico, e de uma proposta consistente de organização curricular.
Propõe-se, dentro de um processo dinâmico, participativo e contínuo, estimular novas formas de organização das disciplinas articuladas com atividades integradoras, a partir das inter-relações existentes entre os eixos constituintes do ensino médio, ou seja, o trabalho, a ciência, a tecnologia e a cultura. Os estudantes são beneficiados com oficinas que trabalham atividades artreladas a um tema eletivo escolhido pelos próprios alunos. A superação das desigualdades de oportunidades educacionais, a sensibilização do jovem para o mercado de trabalho e para vida, faz parte da proposta do MEC, juntamente com o trabalho desenvolvido pela Escola Dom João da Mata Amaral e sua equipe de professores.
As atividades realizadas no contra-turno visam atender a necessidade dos estudantes, que aderiram com ansiedade o início das atividades na escola Dom joão da Mata Amaral.
O trabalho é um princípio educativo no currículo do ensino médio também porque o processo social de produção coloca exigências específicas para a educação, visando à participação direta dos membros da sociedade no trabalho socialmente produtivo.Porém, deve-se ter claro que essa perspectiva de formação que possibilita o exercício produtivo não é o mesmo que fazer uma formação estritamente profissionalizante. Ao contrário, essa participação, que deve ser ativa, consciente e crítica, exige, antes, a compreensão dos fundamentos da vida produtiva em geral. Somente atendido a esse pressuposto é que o trabalho diretamente produtivo pode se constituir no contexto de uma formação específica para o exercício de profissões.
Todas as oficinas oferecidas aos estudantes trabalham com conteúdos articulados ao tema eletivo e ao eixo temático do MEC.
A adesão dos alunos as oficinas, juntamente com o entusiasmo de todos os que formam a Escola Dom João da Mata Amaral tem sido o combustível deste programa inovador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário